Marketing 2.0 e 3.0: isso te atinge todos os dias

Se você quer vender, você DEVE conhecer o seu cliente.

Farei uma série de posts rápidos e aplicados, sobre marketing direcionado ao cliente, que é o que gera valor para empresa e para o consumidor. As postagens serão feitas quinzenalmente, com ordenação lógica. Espero que você goste, se caso tiver alguma sugestão, deixe nos comentários 😀

Hoje vamos falar da transição do Marketing 2.0 para o 3.0, indo em direção ao 4.0!

Marketing 2.0

Marketing 2.0 surgiu na era da informação era focado no produto e no cliente e em todas as características o compreende. Eles presavam a apresentação, o menor preço e a melhor qualidade, isso era o diferencial.  O senso de coletividade era irrisório, aqui, “o cliente era o rei“. É só você lembrar dos comerciais dos shampoos, por exemplo, eles nos contavam como o cabelo ficava sedoso e brilhante com o uso dos frascos daquela marca, como é o caso da Seda em 2000:

Marketing 3.0

Estamos vivendo o Marketing 3.0, caminhando para o 4.0 (como diz Philip Kotler), e nele o cerne muda, o que os clientes esperam é: que a empresa ofereça soluções para os problemas da sociedade. O comprador passa a ser visto finalmente como um ser completo, um ser humano, que é feito de mente, corpo e alma. A missão e os valores da empresa são cada vez mais questionados, e possui grande importância. Uma das principais características dessa sociedade, é que as pessoas acreditam na autorrealização. E é nessa autorrealização que as empresas precisam focar no Marketing 3.0. Os consumidores querem participar, trazer a mudança, ou pelo menos, fazer parte dela. Isso fica claro, com a propaganda, também da Seda, feita à 9 meses atrás:

Perceba a diferença entre as duas propagandas: enquanto a primeira mostra uma mulher padrão, que resolve os seus problemas com “microesponjas que absorvem a oleosidade”. A mais recente não foca no que o produto faz, ela prefere ressaltar a representatividade de várias mulheres diferentes e as empodera, a usuária vai fazer uma ligação direta de que se ela comprar o produto se sentirá poderosa, esse é o valor da empresa. Entendeu a diferença? Entre uma marca que limpa o cabelo e outra que deixa a mulher com mais poder, é a última que ela vai escolher.

Entendeu como os valores das empresas é importante para o cliente? Como “lição de casa” comece a reparar nas propagandas que você tem contato, vale YouTube, TV, Outdoor, Spotify e onde mais você encontrar, observe com olhos mais meticulosos a mensagem que cada empresa quer passar, observe o quanto o Marketing 3.0 te atinge todos os dias. Não se mostra mais o produto, se mostra mensagem, atitude, valores… É isso que o cliente quer e é isso que a empresa deve dar. Lembrando, que toda instituição deve ser verdadeira com o consumidor, sempre.

 

 

The following two tabs change content below.
Graziele Silva

Graziele Silva

Graduanda em Ciências dos Alimentos na ESALQ/USP. Descobrindo as conexões entre Marketing e Alimentos. Acredita que o conteúdo vai unir todas as pontas sem nó do Universo.
Graziele Silva

Graziele Silva

Graduanda em Ciências dos Alimentos na ESALQ/USP. Descobrindo as conexões entre Marketing e Alimentos. Acredita que o conteúdo vai unir todas as pontas sem nó do Universo.

Deixe uma resposta