Marketing: o Novo Modelo de Comportamento

Para aqueles que ainda não se deram conta que vivemos num mundo em transformação, vai aí uma notícia que merece no mínimo, uma reflexão: a 4ª revolução industrial começou. E, diferente das outras eras, das outras revoluções, essa chega com uma velocidade alucinante. Hoje, inovar, transformar o velho em novo não basta. Valor agregado passa a ser obrigação. A revolução não acontece quando ela adota novas ferramentas e sim quando ela leva à adoção de novos comportamentos.

Leia mais sobre comportamentos e carreira aqui!

A indústria precisa se dar conta que os consumidores estão um passo à frente, se transformando a cada segundo. Mais conscientes do que querem e principalmente do que não querem mais, as pessoas de um modo geral, estão cada vez mais exigentes e mais empoderadas. As redes sociais criaram um grande fórum onde cada um de nós tem a liberdade de se manifestar, para o bem e o mal. Isso pode ser constatado com a mudança do comportamento de consumo.

Por falar em consumo, você se interessa pelo mercado mercado vegano ou consumo de café?

No modelo anterior, seguíamos a lógica:  Atenção – Interesse – Desejo – Ação

No Modelo de hoje: Atenção – Interesse – PESQUISA – Ação – COMPARTILHAMENTO

O famoso “boca-a-boca”, hoje se dá pelas redes sociais com maior abrangência e poder de influenciar decisões.

As atividades de marketing, se quiserem ser mais efetivas e trazer mais resultados, precisam aceitar esse novo modelo de comportamento. O consumidor mudou e vai mudar mais ainda. Afirmações genéricas não têm mais aderência. Aquela empresa que ainda acredita que Qualidade é seu maior diferencial está fadada ao insucesso, afinal qualidade não é diferencial é obrigação. Vai ser engolida pela concorrência e cada vez mais rejeitada pelo consumidor. Não agrega nada!

Essa mudança de comportamento é sentida em todos os segmentos. O que obriga as empresas rever e praticar ações de marketing mais específicas e mais estratégicas, não só na forma de inovar em seus produtos, mas na forma de se comunicar. Com isso a comunicação ganhou um cenário diferente que impõem a necessidade da adoção de um processo de conexão, onde informações são acrescentadas a cada “link” criando maior contato com a Marca estimulando assim maior conhecimento, interação, engajamento e por fim, adoção ou compra.

Pedro L. Marcilio

Mentoria &  Inovação em Marketing

pedrotcv@hotmail.com

The following two tabs change content below.
Graziele Silva

Graziele Silva

Graduanda em Ciências dos Alimentos na ESALQ/USP. Descobrindo as conexões entre Marketing e Alimentos. Acredita que o conteúdo vai unir todas as pontas sem nó do Universo.
Graziele Silva

Graziele Silva

Graduanda em Ciências dos Alimentos na ESALQ/USP. Descobrindo as conexões entre Marketing e Alimentos. Acredita que o conteúdo vai unir todas as pontas sem nó do Universo.

Deixe uma resposta