Treino para a vida real, a experiência MarkEsalq – Por Gabriela Estevam

Há pouco mais de três meses, o Facebook mostrou como lembrança minha primeira foto como membro do grupo MarkEsalq, tirada em 2015. De maio daquele ano até hoje, foram 2 anos e meio como diretora do grupo, 3 Encontros de Marketing realizados, mais de 15 visitas a empresas e indústrias, cerca de 20 treinamentos, horas de reunião e muito aprendizado. Nesses anos que passei dentro da sala 205, no Departamento de Economia, Administração e Sociologia da ESALQ, tive a oportunidade de conhecer profissionais incríveis, de participar de projetos e discussões sensacionais, de me motivar e motivar meus colegas de equipe em reuniões realizadas semanalmente! Mas acima de qualquer coisa, tive a oportunidade de descobrir a área de trabalho que me encanta: o marketing.

Sou Gabriela Estevam, me formo em Ciências dos Alimentos pela Universidade de São Paulo no fim do ano e desde que entrei na faculdade o interesse por empreender e inovar já existia em mim. Após 2 anos de estágio no laboratório de Química Analítica Aplicada (pasmem!), pesquisando pesticidas em carne bovina, conheci o Prof. Hermes Moretti, até então um dos coordenadores do Grupo MarkEsalq. Ele me convidou para acompanhar uma das reuniões do grupo e conhecer um pouco mais sobre as atividades realizadas. Não tive dúvidas de que aquele convite poderia abrir um novo universo na minha formação. Universo este não tão solitário como a vida em laboratório e certamente bastante dinâmico.

Na primeira reunião que participei a pauta era o Encontro de Marketing, evento que já estava na 8ª edição e que acontece anualmente no segundo semestre, dentro da Esalq, sendo um dia todo de palestras com profissionais de marketing do agronegócio e da indústria de alimentos. Oportunidade para conhecer diferentes atividades do marketing nas organizações e, principalmente, para conhecer pessoas.

O que sua rede de contatos tem a ver com sua carreira? 

Daquele dia até hoje, como já disse, foram 3 anos.

Minha experiência com o marketing trouxe uma nova versão da profissional que a Universidade estava me formando. Pude participar de treinamentos, pesquisas, elaborar planos de negócio, planos de marketing, de prestar consultoria, de conhecer pequenos empreendedores e de me relacionar com empresas gigantes, como Bayer, Monsanto, Unilever e Danone.

Meus anos no grupo MarkEsalq também influenciaram a aluna que passei a ser. Toda vez que alguém falava “Ah, mas isso é tudo culpa do marketing. Esse povo só quer vender!”, eu já me preparava para defender todos os profissionais que ralam para sim vender, mas principalmente, para satisfazer às necessidades e desejos do público/ consumidor. Cabe a estes profissionais pesquisar, monitorar, entrevistar, propor e proporcionar ao consumidor aquilo que ele deseja, precisa ou que nem percebeu que precisa. Me tornei uma defensora da classe que passei a fazer parte!

Saiba mais sobre o Comportamento do Consumidor!

Buscando novos desafios, no início de 2018 me desliguei das atividades do Markesalq e prestei alguns processos seletivos. Foi em maio que uma amiga, também esalqueana e uma das fundadoras do MarkEsalq, a Juliana Chini, me apresentou a @Tech, startup de soluções tecnológicas para pecuária de precisão. A Juliana estava começando um projeto de consultoria com a @Tech e fui convidada a fazer parte da equipe, dando início à área de marketing.

Atualmente, o marketing trabalha junto com a área de vendas e design na empresa e a Juliana, que era consultora, passou a ser parte da equipe, estando comigo no dia a dia das atividades realizadas. Entre as minhas responsabilidades está a gestão de mídias sociais, organização de eventos e treinamentos, elaboração de materiais institucionais, relacionamento com parceiros e imprensa, e planejamento e desenvolvimento de conteúdo.

Apesar de atuar em marketing, minha veia de cientista de alimentos fala bem alto dentro da @Tech. Isso porque nossa solução comercial, o BeefTrader, é uma plataforma de inteligência de mercado que ajuda o produtor e a indústria a tomarem decisões, uma vez que permite identificar o ponto ótimo econômico para movimentar os animais. Meu conhecimento em alimentos permite inferir sobre qualidade de carne, por exemplo, sendo essa resultado do acompanhamento animal correto, manejo bem realizado e garantia de fluxo de informação dentro da cadeia, ligando produtor, indústria e consumidor final. Nossa solução entrega tudo isso, sendo o meio para essa comunicação e para identificação correta das informações necessárias para cada elos da cadeia.

Vale do Piracicaba – Ecossistema de inovação!

Refletindo para escrever esse artigo que agora você lê, pude perceber o quanto a experiência de pesquisa e extensão dentro do grupo MarkEsalq influenciaram na profissional que hoje sou. A capacidade de me expressar com facilidade dentro da empresa, nos eventos que participamos e nas parcerias/negócios que firmamos diariamente é reflexo de tudo que treinei por anos no Grupo. Treinos esses na busca por patrocínio para nossos eventos, no convite para palestrantes, nas conversas com possíveis clientes, nos bate-papos com meus colegas de equipe e até nas brigas que rolavam nas reuniões semanais. Tudo isto serviu como um treino para a vida real e para o mercado, como todo grupo de extensão deve ser!

Aproveito a oportunidade para agradecer o Prof. Eduardo Spers, coordenador do grupo, pela confiança, por acreditar sempre quando eu dizia que ia dar um jeito e que nossos projetos iam dar certo. Agradeço também o Prof. Hermes Moretti, que sempre esteve presente e foi firme quando deveria ser. Meu muito obrigada mais forte vai aos markesalqueanos, meus amigos de jornada, que acreditaram em mim, me ensinaram e me ajudaram/ajudam sempre.

Encerro esse texto com a sensação de dever cumprido. Cumprido no MarkEsalq, pois agora, como parte da equipe @Tech, meu desafio é levar através do marketing a tecnologia para um dos setores mais conservadores, a pecuária brasileira.

 

Gabriela Estevam
estagiária de Marketing e Comunicação na @Tech
The following two tabs change content below.
Graziele Silva

Graziele Silva

Graduanda em Ciências dos Alimentos na ESALQ/USP. Descobrindo as conexões entre Marketing e Alimentos. Acredita que o conteúdo vai unir todas as pontas sem nó do Universo.
Graziele Silva

Graziele Silva

Graduanda em Ciências dos Alimentos na ESALQ/USP. Descobrindo as conexões entre Marketing e Alimentos. Acredita que o conteúdo vai unir todas as pontas sem nó do Universo.

Deixe uma resposta